Obesidade, Desporto, inclusão, e outras coisas ....

March 23, 2017

Hoje vou falar de um tema melindroso, que me toca especialmente.

Já escrevi, apaguei e reescrevi este texto um milhar de vezes, nunca pensei que fosse tão difícil,que tivesse tanto medo das reacções relativas a este texto (tranquiliza-me saber que pouca gente o vai ler hehehe).

 

 Sei que é um tema fracturante, com opiniões muito radicais e outras super benevolentes, mas também não podemos esquecer, é um tema traumático para muita gente, eu apenas quero dar o meu exemplo, de forma a ajudar os que sofrem do mesmo problema.

Primeiro faço uma pequena introdução: Nunca fui magro, mas fui desportista a minha vida toda, comecei na Natação dos 4 aos 18 anos, depois passei para o Bodyboard dos 12 ate agora, o Stand Up Paddle a cerca de 8 anos, pelo meio muitas coisas Jiujitsu Brasileiro, Aikido, Boxe, Basket, Nadador salvador por mais de 24 anos, pode dizer-se que era viciado em fazer desporto, apesar disso nunca fui um grande atleta, ( fiz umas coisas giras que me orgulho), no entanto, o ser um pouco mais pesado nunca me condicionou a praticar desporto, já durante o meu  percurso desportivo ouvi varias vezes bocas discriminatórias, apenas por estar ali, é que nem era por fazer bem ou mal, era por ali estar, como se um obeso não tivesse direito a divertir-se, a minha sorte foi ter sido sempre aceite no meu meio mais próximo, e pelos atletas dos clubes que passei, no entanto esse bullying aconteceu, acontece muitas vezes, só que eu mal ou bem aprendi a ultrapassa-lo.

   Amigos se esperam que seja uma ode a gordura, texto dos coitadinhos, ou não tem mal nenhum ser obeso, desenganem-se, não acho saudável o meu estado, nem acho que nos faça bem, a gordura acarreta doenças consigo, e pode condicionar a nossa vida e até terminar com a nossa vida abruptamente, mas não é com bullying que vamos lá, não é com gozos, com bocas, e com falta de respeito que vamos lá, ninguém quer ser gordo como ninguém quer ser anoréctico, mas se para alguns a terapia de choque funciona para outros afunda-os mais ainda.

Ser gordo não significa que estejam impedidos e viver, de amar, ou de sorrir. 

Durante muito tempo ouvi: Tu não podes fazer isto, para ti não dá, tu nem consegues de certeza chegar ali, ate chegaram a dizer-me as pessoas gordas são nojentas, são pessoas que não tem força de vontade para melhorar o seu corpo e ficar mais saudáveis, quanto mais produzir num trabalho, ou ter inteligência,  são uns parasitas só querem comer e ver televisão.

Hoje em dia ainda oiço você é que é o professor? risos as escondidas, e muita falta de respeito.

 

 Não vou esconder ao inicio foi difícil, porque eu fiquei mais obeso do que ja era por uma questão de depressão e ainda não consegui alterar nada relativo a isso (muito ao contrario, perder peso, tem custos quando necessário acompanhamento, o que é normal,  e eu não os consigo suportar), Ouvir estas pessoas falar assim magoava-me muito, eu sempre fui o under dog, o defensor de causas, de injustiças, ver-me atacado assim, só porque não sou como os demais, era de uma enorme injustiça e dava-me uma grande raiva, fui educado que nós somos mais que o  aspecto exterior, nós somos seres humanos, deveríamos ser respeitados como tal, como pessoas com humanidade, não por cor ,peso, religião etc. Fui educado de uma forma muito simples, fui educado na verdade, na justiça, se és do bem devias ser respeitado como tal, e julgado apenas se praticares algo errado, e não por seres diferente.

 

Não sabia o que fazer, fiz inicialmente o que fazemos todos os alvos de bulling ( julgo eu) isolei-me, e fingi ser o gordo feliz, mas a minha raiva não me deixa sossegado,eu peguei nela e fiz aquilo que sempre tinha feito.

Sabem o que foi? VIVI, simplesmente VIVI, deixei para traz as opiniões e VIVI, passei a andar de cabeça erguida e no meio de todos, aprendi a ignorar o que me diziam, e a VIVER, a fazer o que me dava na gana, depois fiz o contrario que todos estavam a espera, peguei em todos os conhecimentos desportivos que fui ganhando ao longo da vida e resolvi fazer algo que eu sempre tive jeito, ensinar, passar conhecimento aos outros, e montei a minha escola de Stand Up Paddle, yup uma escola de um desporto (o gordo é maluco ;) )

Já la vão 7 anos, hoje dou aulas, levo pessoas a passear, motivo pessoas a perder peso, sim, motivo sim  (O Ronaldo é um bom jogador, mas o treinador dele não era o top da bola ), porque não posso eu motivar os outros, e ao mesmo tempo serve para mim como auto ajuda, por isso amigos, não se deixem intimidar, o passo para perder peso é a aceitação do vosso peso, é o desprendimento dos medos e dos tabus, vivam, lutem, sejam o que quiserem ser, respeitem sempre os outros, é isso que tem de fazer a diferença, nunca se esqueçam de onde vieram, lutem pelos vossos sonhos, não provem nada a ninguém, provem a vocês próprios, não se verguem, sigam os vossos sonhos, não interessa quais, sigam esses sonhos pois com peso ou sem peso o que importa é ser feliz e VIVER FELIZ no fim acabaremos todos no mesmo lugar gordos magros bons e maus é o legado que vai contar queres ser boa pessoa ou um buller 

ass: um gordo feliz

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

5 REMADA DOS PAIS NATAIS RECEITA REVERTE PARA A ACREDITAR

November 6, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes

October 31, 2019

March 17, 2019

February 14, 2019

Please reload

Arquivo