COMO ESCOLHER UMA PRANCHA DE SUP

December 27, 2016

Este desporto não para de crescer e muitos dos novos praticantes nunca estiveram ligados a desportos de mar (Surf, Bodyboard, Windsurf, Kite etc) por isso não estão familiarizados com tamanhos e formas de fabrico de pranchas.

Escolher uma prancha é muito difícil e aconselhar convenientemente também, pois não é um desporto barato, e no entanto é um desporto muito versátil com várias disciplinas, o que dificulta ainda mais a escolha, e por mais que queiramos uma prancha boa para tudo isso é quase impossível (opinião pessoal).

Os modelos All Aroud como o próprio nome indica são os mais adaptados para todas as soluções, no entanto não são os melhores para nenhuma, ou seja: Resultam bem em todo o lado mas não resultam em competição com nenhum dos modelos específicos, isto pode parecer confuso mas é a realidade.

Mas bem,  vou tentar dar uma ideia baseada na minha experiência a remar, bem como em outros desportos que pratiquei, que me levaram a estar junto de 2 dos melhores shapers de Portugal e para mim do mundo, este texto é uma ideia base, despretensiosa, uma tentativa de ajudar quem me pergunta sobre qual a melhor prancha para si, mas este texto não pode ser encarado como uma verdade absoluta, nem estará actualizada para sempre, pois a indústria e tecnologia não param de crescer, no final o meu conselho será: Experimentar antes de comprar, definir bem qual o nosso objectivo no desporto e pedir conselhos a pessoas certificadas.

 

1º - Para facilitar a escolha, definam bem o que mais querem fazer com a prancha, dêem prioridade a isso. Queres surfar ? Queres fazer travessias longas? Queres competir em Race (corrida)?

Para cada objectivo, existe um modelo de prancha mais adequado – começa a tua decisão por aí, logo seguida da tua altura e peso, pois para cada praticante existe um modelo especifico adequado a sua estatura.

 

2º - Das perguntas que mais me fazem é:

Rígida ou Insuflável?

Amigos não há termos comparativos,  por mais opiniões que oiça a minha mantém-se, rígida é rígida tem um comportamento no mar totalmente diferente das insufláveis e vise-versa,  insuflável é insuflável, todas tem as suas vantagens e desvantagens.

A insuflável tem a vantagem da arrumação, da manutenção e transporte mais fácil, são na minha opinião ideais para começar, pois tem uma durabilidade incrível e são fáceis de reparar, para alem do factor preço, que normalmente é mais baixo .

Em termos de performance no mar as insufláveis para mim são as pranchas ideias para descidas de Rios, Touring, Lazer ou Exploração,  ou para as primeiras remadas no mar em ondas pequenas, pois o risco de lesões no praticante desce muito numa insuflável em ondas e da para ter as primeiras sensações.  

A ter em conta na compra de uma insuflável é a rigidez ou seja até quantos Psis/Bar pode aguentar a tua prancha depois de cheia, é importante que insufle acima dos 15 psis, pois garante que o shape (design/estrutura) da mesma se mantenha por mais tempo mesmo com diferentes pesos, o que depois de cheia faz com que fique o mais recta possível com apenas alguma elevação no nose (nariz/ parte da frente da prancha) depois temos de levar em conta como é colada etc. mas isso já é demasiado detalhe para este post.

   As rígidas vejo como pranchas ideias para: Ondas pois agarram mais a parede das ondas e tem um comportamento mais rápido e fluido no mar, para Race pois o glide (deslize) é superior, e normalmente são pranchas que fazem menos atrito como consequência são mais rápidas, no entanto há que ter em conta que a durabilidade,  temos de ter um cuidado extra no manuseamento pois em termos de resistência é diferente, se for por exemplo uma prancha em carbono super leve mas ao menor descuido poderás fazer uma mossa na tua prancha, a arrumação também não é fácil, encaixar em casa 3 metros de prancha é obra, no entanto quando evoluis ou queres participar em competições não há duvidas as rígidas são mais fiáveis (e eu só uso insufláveis).

A ter em conta na escolha de uma rígida, o shape sem duvida, e o peso pois o transporte de uma prancha pesada desmotiva a pratica.

 Acima de tudo na minha opinião para alem dos que escolhem ondas (ai não vejo outra compra), deves comprar rígida após ter a certeza de que é neste desporto que vais ficar e depois de teres evoluído um pouco pois o investimento é superior.

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

 

 

SURF:

é as ondas o teu objectivo? Se a tua intenção é Surfar, vais precisar de uma prancha com medidas mais pequenas,  mais parecida com a prancha de surf, ou longboard a prancha de SUP Surf traz uma performance muito parecida com as de surf.

normalmente são modelos mais pequenos que podem ter menos de 8 pés (1 pé =0,3048 metros), com pouca flutuação, uma pessoa leve até consegue remar bem na prancha, mas não é um modelo indicado para remadas mais longas.

No entanto em iniciação aconselho uma prancha com mais largura e estável um modelo com pelo menos 9,5 pés aproximadamente, não esquecer que consoante o peso e altura e experiência do praticante estas medida alteram e rígida bem como os litros da prancha que ajudam a perceber a capacidade de flutuação e de sustentação do teu peso, é o meu conselho.

 

Informação sobre litro neste link da surf total

https://surftotal.com/noticias/historia/item/9745-volume-das-pranchas-de-surf-o-que-e-e-para-que-serve 

 




ALL AROUND BOARDS

Estás a começar? Esta é uma prancha que funciona para qualquer situação, seja para apanhar umas ondinhas ou para remadas um pouco mais longas.

Deves escolher uma prancha com um  comprimento um pouco maior que a  de SUP Surf, eu escolheria entre os 10 e os 11 ou 12 pés, estes tamanhos fazem com que as pranchas sejam mais rápidas. aconselho também que a mesma tenha um nose (nariz, parte da frente) redondo para ser adaptável a todas as disciplinas, no entanto  este nose retira a velocidade, para estabilidade um rail (rebordo) mais grosso, e um pouco mais larga para facilitar o equilíbrio. Como ja tinha dito antes estas pranchas são óptimas para iniciantes, mas não vão satisfazer quem busca performance, em ondas ou mesmo em remadas mais longas.

Remadores mais pesados devem optar por uma prancha mais larga e estável e sempre acima dos 10 pes os remadores mais baixos e mais leves podem optar por uma 10 e uma largura um pouco menor.

 

  

 


CRUISER
Queres ir ate onde nenhum homem foi ;) ? Com pelo menos 12,6 pés de comprimento e uma boa largura (entre 31 e 33 polegadas), esta é uma prancha mais confortável para remadas longas. Ela tem velocidade, equilíbrio e ainda espaço na superfície para levar alguma mochila ou coisa do tipo, o que é bem útil para longas distâncias, estas medidas 12,6 foram até a pouco tempo, as medidas mais usadas na disciplina de Race mas com a evolução do desporto as 12. estão transformadas em pranchas de treino de pesca ou remadas de lazer mais longas, dai que muitos atletas as tenham a venda por bons preços ;).

 

RACE
Queres ser Usain Bolt do SUP? Uma Race é melhor escolha para quem quer competir, mas é preciso ter experiência a remar. A prancha de Race neste momento está entre os 14 pés e é cada vez mais estreita, como uma flecha, chegando a ter 24 polegadas de largura em alguns modelos. Por conta desse shape (design), o equilíbrio é bastante mais difícil, mas a performance é óptima. Há também pranchas de Race mais adequadas para downwind (andar a favor do vento/ com o vento pelas costas ) e modelos mais indicados para remadas em águas paradas dentro do Race escolhe a que mais te agrada e voa tem atenção ao shape e ao peso.

 

 

 


 

Rios e Rapidos 
Vais descer rápidos ou rios? existem os modelos de Rio que normalmente são os mais indicados. Com comprimento entre 9,5 a 12,6 pés, e bem mais largas chegando a rondaras 36 polegadas de largo em relação a espessura também são mais largas que o normal e todas estas características são para manter a estabilidade num plano aquatico que nunca para, nem é estavel e que tem fundos normalmente rochosos.

Estas pranchas são maioritariamente insufláveis ou num material plastico (polietileno) para serem mais resistente aos embates nas rochas e margens do rio.

 

Conselho Final:

Antes de comprares uma prancha tem umas aulas, percebe se é mesmo este o teu desporto, pergunta sobre segurança e aconselha-te bem, quando quiseres comprar pede varias opiniões pois como vez é difícil aconselhar, e um professor depois de te ver remar terá uma ideia mais correcta para te ajudar. Para teres a certeza que estas a fazer o investimento correcto,  pergunta sobre tudo e mais alguma coisa que te venha a cabeça, é chato, mas um bom professor ou lojista respondera sem problemas, não começes as tuas perguntas por preço (sei que é difícil) porque condiciona a resposta (pelo menos a minha), o preço esta implícito ser o mais barato, em todo o caso não optes só por isso mais vale comprar em segunda mão bom, que baratissimo novo e após umas entradas a tua prancha ou esta partida ou afunda com o teu peso, e ai dobras o teu investimento, depois de comprares sê bem vindo rema muito e se FELIZ.

 

BOAS REMADAS 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

5 REMADA DOS PAIS NATAIS RECEITA REVERTE PARA A ACREDITAR

November 6, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes

October 31, 2019

March 17, 2019

February 14, 2019

Please reload

Arquivo